COPROFAGIA

É muito comum, na clínica veterinária, queixas relacionadas a cães que comem fezes, e várias são as hipóteses sugeridas como causas da coprofagia:

1. DEFICIÊNCIA METABÓLICA OU DOENÇA 

a) Cães que comem fezes de outras espécies animais podem fazê-lo por que estas podem ser nutritivas, palatáveis e, por causarem poucos problemas, representarem um petisco apreciado pelo cão. Comer fezes pode não ser repugnante para o cão e pode representar uma fonte de alimento a mais ou ser apetitosa para o cão.

b) Super alimentação: sobrecarregar o sistema digestivo fornecendo alimentação e especialmente a base de ração uma única vez ao dia pode sobrecarregar o sistema digestivo e conseqüentemente ocorrer uma má digestão. Assim as fezes apresentaria um alto grau de produtos alimentares não digeridos. Mais tarde sentindo fome o cão se alimentaria destas fezes.

c) Baixos níveis protéicos ou alimentação insuficiente (fome).

d) Dietas ricas em carboidratos e fibras.

e) Deficiência de enzimas digestivas (enzimas pancreáticas). Nestes casos o fornecimento de enzimas digestivas é eficaz na superação deste comportamento.

f) Ocorrência de vermes e conseqüentemente carência nutricional.

g) Pancreatite crônica.

h) Síndrome de mal absorção.

I) Deficiência de tiamina experimentalmente induzida. Esta deficiência deve ser muito severa para provocar coprofagia.

2. RAZÕES COMPORTAMENTAIS

a) As cadelas recém paridas consomem as fezes dos filhotes. Dessa forma mantém o ninho limpo.

b) Ansiedade devido a conflito ambiental. Stresse ambiental pode contribuir com vários comportamentos redirecionados incluindo coprofagia.

c) Cães entediados que manipulam fezes como passatempo.

d) O cão pode ter sido condicionado a ingerir fezes para receber atenção do proprietário. O comportamento pode ter sido reforçado pela reação emocional do proprietário e que significou ganho de atenção.

As fezes parecem ter um caráter lúdico e ser gratificantes, auto recompensa e serem saborosas.

Punições excessivas relacionada a eliminações do cão. Cães podem comer fezes para evitar que os proprietários os punam.

A distribuição errônea do espaço de dormir, alimentar, defecar e urinar. Cães que não dispõem de espaço suficiente e são forçados a defecar em seu espaço de dormir acabam por ingerir suas fezes para manter o espaço limpo.

Ansiedade de separação. Cães deixados em casa sem companhia por um longo período de tempo acabam por exibir este comportamento.

Vício por razões comportamentais. Cães confinados ou presos são mais aptos a desenvolverem coprofagia do que aqueles que estão em companhia humana na maior parte do tempo. Parece que animais que saem a passeio, recebem maior atenção do dono, são menos isolados e ganham brinquedos podem ter este comportamento diminuído, aliviado.

3. OUTRAS

a) Razões metabólicas ou doenças (parasitas, pancreatite, má-nutrição)

b) Causas psicológicas - O cão está entediado e tem movimentação restringida (cães de apartamento). Reagem com coprofagia na presença do dono, para obter atenção.

c) Causas hereditárias : fezes de eqüinos, ruminantes e humanas são comuns parte da dieta de cães selvagens. Na verdade as fezes são dieta bem balanceadas - em sociedades pastorais, onde as fezes são depositadas no chão, os cães estão em boas condições. Sua fonte principal de proteínas e vitaminas são as fezes humanas.

EXISTEM ALGUNS PRODUTOS PARA CORRIGIR OU SANAR A COPROFAGIA. BUSQUE ORIENTAÇÃO VETERINÁRIA.

 

logo-cinobras.png
CINOBRAS

Para executar qualquer serviço na CINOBRAS é imprescindível ter maior idade. Os valores dos serviços estão no menu PREÇOS

Central de atendilmento: Whats  (11) 96787-1696 e fixo (11) 3834-7113 Atendimento: Segunda a Sexta das 09 às 18 horas e Sábado das 9 às 16 horas - © 2016 todos os direitos reservados à CINOBRAS São Paulo.

Sites que petencem a CINOBRAS SP: https://sites.google.com/view/kennelclube/ e http://www.cinobrasp.com.br